Artistas revelam obras feitas com computador

<– Voltar para Recortes de Imprensa

Jornal do Comércio

Caderno C

por Marina Andrade

Data de publicação: 10/06/2010

O Memorial Chico Science, no Pátio de São Pedro, inaugura hoje às 19h a Mosca – Mostra de computação e arte. Com a proposta de reunir obras de arte interativas que se apóiam em aparatos tecnológicos, a mostra apresenta os trabalhos Vitalino, de Jarbas Jácome, Metrobang, de Ricardo Brazileiro, e Marvim Gainsbug, da dupla Jeraman e Filipe Calegario. Todos eles são cientistas da computação recifenses que têm desenvolvido projetos que envolvem conceitos das áreas da arte e da computação.

Jarbas Jácome se inspirou em mestre Vitalino para criar e batizar sua máquina de modelagem 3D que possibilita a criação de esculturas digitais a partir dos movimentos dos dedos, sem o toque físico. “A instalação Vitalino é um convite para as pessoas criarem esculturas no ar, que terão as imagens digitalizadas em tempo real”, explica Jácome.

Metrobang, de Ricardo Brazileiro, é uma instalação que ressignifica o som de uma vitrola. “A partir do reconhecimento em tempo real das notas que estão sendo tocadas, o software esculpe uma nova composição, transformando a música do vinil em paisagem sonora digital”, conta Brazileiro. A ideia é que as pessoas levem seus vinis, para experimentarem novas possibilidades de criação musical.

Marvim Gainsbug é músico, cantor e compositor, só que virtual. De acordo com Jeraman, criador do software junto com Filipe Calegário, basta o visitante dizer ao microfone palavras que expressem a temática da canção que deseja. A partir de buscas no twitter, Marvim Gainsbug transforma as mensagens que encontra em versos. A melodia, a harmonia e o ritmo da composição serão diretamente influenciados pelas palavras ditas ao microfone.

Até 1º de julho, os trabalhos podem ser conferidos das 19h às 21h. Depois eles seguem para São Paulo, onde concorrem ao prêmio File Prix Lux, com mais de 90 obras de 44 países.

» Mostra de Computação e Arte, de hoje até 1º de julho, das 19h às 21h, no Memorial Chico Science. Pátio de São Pedro, casa 21, Bairro do Recife. Informações: 3355-3158.

Foto: Mozart Sales

<– Voltar para Recortes de Imprensa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: